Terça, 16 de Agosto de 2022
29°

Alguma nebulosidade

Teresina - PI

Esportes É ouro

É ouro: Brasil supera os EUA na ginástica artística pela 1ª vez

Equipe brasileira levou a melhor no Pan-Americano, que é um teste para o mundial

18/07/2022 às 07h34
Por: Paulo Flores Fonte: pleno.news
Compartilhe:
Brasil supera os EUA na ginástica artística pela 1ª vez Foto: Reprodução/YouTube cbginastica
Brasil supera os EUA na ginástica artística pela 1ª vez Foto: Reprodução/YouTube cbginastica

A seleção brasileira feminina é campeã do Pan-Americano de Ginástica Artística por equipes. Na manhã deste domingo (17), a equipe formada por Rebeca Andrade, Flávia Saraiva, Júlia Soares, Lorrane Oliveira, Carolyne Pedro e Christial Bezerra levou a melhor na disputa com os Estados Unidos e conquistou o ouro na competição, considerada um teste para o mundial. A disputa aconteceu na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro.

Os Estados Unidos ficaram com a medalha de prata e o Canadá foi bronze na disputa por equipes. O Brasil chegou na metade dos aparelhos em segundo lugar na classificação geral, assumiu a liderança na trave e confirmou a vantagem com o ouro no solo. O Brasil fechou o dia com nota geral de 162,999, enquanto os Estados Unidos somaram 161,000 para ficar com a prata. A nota das canadenses foi 155,500.
– A gente veio muito preparada, é maravilhoso este momento. Óbvio que houve muitos altos e baixos, mas demos nosso melhor. O segundo dia de competições é muito cansativo, queria dar parabéns a todas as atletas que estão aqui competindo, é bom ver todas aqui. Estou muito feliz – disse Flávia Saraiva ao Sportv após o título.

Jade Barbosa ficou muito emocionada com a conquista das companheiras do Brasil e Rebeca Andrade também comemorou a virada.

– A competição só acaba quando termina. Estou muito orgulhosa deste time. Apesar do nervosismo, o resultado veio. Estou muito feliz – disse Rebeca.

Melhor time das eliminatórias, o Brasil começou com o pé direito no primeiro aparelho, com ótimos saltos de Flávia Saraiva e Rebeca Andrade. Flávia abriu com pontuação de 14,033. Rebeca foi impecável e conseguiu nota de 14,500. Carolyne Pedro ainda fez nota de 13.033.

Meninas da ginástica artística comemoram Foto: Reprodução/YouTube cbginastica

Nas barras assimétricas, Brasil e Estados Unidos se adiantaram na disputa entre si. Rebeca Andrade foi novamente muito bem, com 14,433 pontos. Lorrane fez 13,100 e Saraiva teve nota de 13,600. Após dois aparelhos, menos de 1 ponto separava o Brasil dos EUA, que liderou o quadro.

Júlia Soares deu um show na trave e ficou com nota de 13,467. Flávia Saraiva também foi muito bem, com nota de 13,867. A maior nota brasileira no aparelho foi de Rebeca, 14,133. Com isso, o Brasil pulou para a liderança, ficando com dois pontos de vantagem para os Estados Unidos.

Rebeca Andrade foi poupada das disputas no solo, pensando no Mundial. O Brasil abriu com Carolyne Pedro, que conquistou nota de 12,3. Júlia Soares veio na sequência e fez nota de 12,867. Com isso, o Brasil chegou com 1,7 de vantagem para a última apresentação no solo. Flávia Saraiva bateu 13,6 e confirmou o ouro.

Com três ouros e duas pratas na sexta-feira (15), o Brasil liderou o individual geral. Rebeca Andrade conquistou o ouro nas barras assimétricas e também venceu a prata na trave. Flávia Saraiva ficou com ouro no individual e na trave, além de ter vencido a prata no solo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias